O que é terapia floral e como funciona

A terapia floral, cada vez mais reconhecida e procurada, tem se destacado como uma abordagem terapêutica complementar que visa promover o equilíbrio emocional e a harmonia do ser humano. 

 

Neste artigo, vamos explorar mais a fundo o que é a terapia floral, como funciona e quais são os benefícios dessa prática para o bem-estar físico e mental.

O que são terapias florais?

As terapias florais são um conjunto de práticas terapêuticas que utilizam essências extraídas de flores para promover o equilíbrio emocional, mental e espiritual das pessoas. 

 

Essa abordagem holística considera a conexão entre corpo, mente e espírito, buscando tratar não apenas os sintomas físicos, mas também as causas subjacentes dos desequilíbrios emocionais.

 

Sendo assim, elas têm suas raízes em antigas tradições de cura, que reconheciam o poder das plantas e das flores para promover a saúde e o bem-estar. 

 

No entanto, foi o médico britânico Dr. Edward Bach que popularizou essa prática no século XX, desenvolvendo o sistema de florais de Bach. 

 

Desde então, várias outras formas foram desenvolvidas em todo o mundo, cada uma com suas próprias características e metodologias.

 

Além dos florais de Bach, os mais conhecidos e utilizados, existem também outras formas de terapia floral, como os florais de Saint Germain, os de Califórnia, australianos, entre outros. 

 

Cada tipo de terapia floral tem suas próprias essências e metodologias de preparo, mas todos compartilham o objetivo comum de promover o equilíbrio e a harmonia do ser humano em todos os níveis.

Aplicações e benefícios terapêuticos

As terapias florais oferecem uma ampla gama de aplicações terapêuticas e benefícios para o bem-estar emocional, mental e físico. Entre as aplicações mais comuns, destaca-se o tratamento de distúrbios emocionais, como:

 

  • Ansiedade;
  • Estresse;
  • Depressão;
  • Traumas emocionais. 

 

Essas essências atuam de forma sutil, mas eficaz, ajudando a equilibrar as emoções e promovendo uma sensação de calma e serenidade. 

 

As terapias florais também são amplamente utilizadas no tratamento de problemas físicos, como dores crônicas, distúrbios do sono, problemas digestivos e dores de cabeça, oferecendo alívio e conforto para o corpo.

 

Os benefícios terapêuticos das terapias florais vão além do alívio dos sintomas físicos e emocionais, contribuindo para a promoção do bem-estar integral do indivíduo. 

 

Ao equilibrar as emoções e restaurar a harmonia interior, essas terapias podem ajudar a fortalecer o sistema imunológico, melhorar a qualidade do sono, aumentar a energia e vitalidade, e promover uma maior conexão consigo mesmo e com os outros. 

 

Além disso, as terapias florais são seguras e não invasivas, podendo ser utilizadas por pessoas de todas as idades, incluindo crianças, gestantes e idosos, sem o risco de efeitos colaterais indesejados. Ou seja, você pode oferecer até mesmo em sua empresa de digitalização de processo, desde que seja indicado por um terapeuta.

Relacionados  3 principais razões para o sucesso das sex shop na internet

Como funcionam as terapias florais?

As terapias florais são baseadas na premissa de que as essências extraídas das flores possuem propriedades curativas que podem influenciar positivamente o estado emocional, mental e físico das pessoas. 

 

O funcionamento dessas terapias envolve um processo cuidadoso de seleção das essências adequadas e a compreensão do mecanismo de ação dessas essências no organismo humano.

Processo de seleção das essências

A seleção das essências florais é uma fase crucial das terapias florais, onde o terapeuta utiliza sua especialização para identificar as essências mais adequadas para as necessidades específicas de cada paciente. 

 

Durante a entrevista inicial, o terapeuta conduz uma análise holística, considerando não apenas os sintomas apresentados, mas também o contexto emocional, mental e até espiritual do indivíduo. 

 

Essa abordagem permite uma compreensão mais profunda das questões subjacentes e dos desequilíbrios emocionais, orientando a escolha das essências que melhor se alinham às necessidades terapêuticas do paciente.

 

Além disso, o terapeuta também leva em conta a personalidade do paciente, seu histórico emocional e sua resposta a situações específicas, a fim de selecionar as essências que possam promover um equilíbrio mais eficaz e duradouro. 

 

Com base nesse diagnóstico individualizado, o terapeuta pode prescrever uma ou várias essências florais, criando uma fórmula personalizada para cada paciente. 

 

Esse processo de seleção cuidadosa das essências é essencial para garantir a eficácia e o sucesso do tratamento floral, proporcionando ao paciente uma experiência terapêutica única e transformadora.

Ação das essências florais

O mecanismo de ação das essências florais no organismo humano ainda não é completamente compreendido, mas acredita-se que elas atuem nos padrões energéticos e vibracionais do indivíduo. 

 

Essas essências funcionam como catalisadores de mudanças, estimulando processos de cura e transformação nos níveis emocional, mental e espiritual. 

 

Ao entrar em contato com as essências florais, um paciente com atestado de saúde ocupacional é capaz de acessar e liberar emoções reprimidas, traumas emocionais e padrões de pensamento negativos, promovendo um profundo processo de autoconhecimento, crescimento pessoal e cura interior.

Principais tipos de flores utilizadas

Na terapia floral, uma variedade de flores é utilizada para criar essências terapêuticas que auxiliam no equilíbrio emocional e no bem-estar geral do indivíduo. 

 

Essas flores são cuidadosamente selecionadas por suas propriedades específicas e pelas qualidades terapêuticas que podem oferecer. 

 

Conhecer os principais tipos de flores utilizadas na terapia floral é fundamental para compreender como essa prática terapêutica pode ser aplicada em uma clínica de acupuntura de maneira eficaz e benéfica.

Flores mais comuns e suas propriedades

Dentre as flores mais comuns utilizadas na terapia floral, destacam-se algumas espécies que possuem propriedades terapêuticas reconhecidas e amplamente utilizadas. 

 

Relacionados  Dicas simples para uma desintoxicação natural em casa

O Rescue Remedy, por exemplo, é uma combinação de cinco flores diferentes, incluindo Rock Rose, Impatiens, Cherry Plum, Star of Bethlehem e Clematis, conhecidas por suas propriedades calmantes e de resgate emocional. 

 

Outra flor amplamente utilizada é a Mimulus, que ajuda a tratar o medo de origem conhecida, como medo de animais, escuro, doenças, entre outros. 

 

Já a Larch é indicada para pessoas com falta de autoconfiança e autoestima, ajudando a promover a coragem e a confiança em si mesmas.

Como são preparadas as essências florais?

As essências florais são preparadas de maneira cuidadosa e artesanal, utilizando o método de infusão solar ou de ebulição. 

 

No método de infusão solar, as flores frescas são colocadas em água pura e expostas à luz solar direta, permitindo que as propriedades da flor sejam transferidas para a água. 

 

Já no método de ebulição, as flores são fervidas em água por um determinado período, permitindo que suas propriedades terapêuticas sejam extraídas. 

 

Após o processo de preparação, a água é filtrada e diluída em uma solução de brandy ou vinagre, criando assim a essência floral pronta para uso terapêutico. 

 

Esse cuidadoso processo de preparação garante a integridade e a eficácia das essências florais, proporcionando aos pacientes uma forma segura e natural de promover o equilíbrio emocional e o bem-estar geral.

Como encontrar um terapeuta floral confiável?

Encontrar um terapeuta floral confiável e com uma licença de funcionamento é fundamental para garantir uma experiência terapêutica eficaz e segura. 

 

Com o aumento da popularidade das terapias florais, é importante realizar uma pesquisa cuidadosa e considerar alguns aspectos importantes ao escolher um profissional para acompanhar o seu tratamento.

Qualificações e certificações necessárias

Para garantir a segurança e a eficácia do tratamento floral, é fundamental verificar as qualificações e certificações do terapeuta floral. 

 

Idealmente, o profissional deve possuir uma formação específica em terapia floral, obtida por meio de cursos reconhecidos e credenciados por instituições renomadas na área. 

 

Além disso, é importante que o terapeuta tenha conhecimentos sólidos em áreas relacionadas, como anatomia, fisiologia, psicologia e ética profissional, para oferecer um acompanhamento completo e seguro aos pacientes.

 

Além das qualificações acadêmicas, é recomendável que o terapeuta esteja registrado em associações profissionais da área, o que pode indicar seu comprometimento com a prática ética e responsável pela terapia floral. 

 

Portanto, a filiação a essas organizações muitas vezes requer a conclusão de cursos específicos, a participação em programas de desenvolvimento profissional contínuo e o cumprimento de padrões de conduta ética. 

 

Então, ao escolher um terapeuta floral, verificar suas qualificações e certificações é essencial para garantir que esteja recebendo um tratamento de qualidade, realizado por um profissional devidamente capacitado e comprometido com seu bem-estar.

Dicas para escolher um profissional adequado

Ao escolher um terapeuta floral, é importante considerar alguns aspectos além das qualificações e certificações. 

 

Dessa forma, procure por profissionais que demonstrem empatia, compreensão e respeito pelo paciente, criando um ambiente seguro e acolhedor para o processo terapêutico. 

 

Além disso, busque referências e recomendações de pessoas que já passaram pelo tratamento com o terapeuta em questão, o que pode ajudar a garantir a qualidade e a eficácia do serviço oferecido. 

 

Por fim, confie em sua intuição e escolha um profissional com o qual se sinta confortável e confiante para compartilhar suas questões emocionais e buscar apoio terapêutico.