O que é faucet no mercado Bitcoin?

Tudo o que você precisa entender antes de investir no mercado de criptomoedas

Bitcoins têm se tornado um tópico muito comum de discussão, principalmente na internet e no mercado financeiro. O motivo dessa popularidade, que ocorre desde o ano de 2020, é devido à falta de fronteiras para criptomoedas. O “novo dinheiro”, como é chamado, não precisa de conversão, como acontece nas moedas tradicionais dos países. A facilidade de investimento através de moon bitcoin e outros meios de começar a participar do mercado tem sido muito atraente para novos investidores.

Para quem deseja entrar no ramo das Bitcoins e está começando a investir, ou quem já tem o hábito de investir em ações da bolsa e do mercado, mas ainda não entende muito sobre o “novo dinheiro”, há dicas sobre tudo o que é necessário aprender antes de investir em Bitcoins. Nos tópicos abaixo é possível aprender mais sobre o ramo de investimento mais comentado pelos Millennials.

O que é faucet no Bitcoin

Abordado brevemente no início do artigo, Bitcoins são moedas digitais que não precisam de conversão, isso porque elas são descentralizadas, ou seja, não pertencem a nenhum país ou conjunto de nações, por exemplo, União Europeia, que reúne quase 30 países. As Bitcoins não surgiram em 2020, início do clímax do mercado financeiro em relação ao dinheiro eletrônico, mas surgiram em meados de 2008.

As Bitcoins ganharam destaque quando houve a necessidade de transações rápidas e não burocráticas. No início da pandemia de Covid-19, muitas pessoas passaram a usar apenas dinheiro digital para transferências, pagamentos e cobranças. Em casos de movimentação de contas em outros países, a conversão de moedas se tornou um problema, pois a maioria dos bancos demoram alguns dias para converter uma moeda estrangeira para o valor da moeda nacional.

Relacionados  Conheça o Kit garra de urso! O mais usado por churrasqueiros

Para facilitar esse processo, as Bitcoins passaram a ser usadas para comprar ações, principalmente de empresas fintechs, também responsáveis pela popularização da nova moeda.

Com a facilidade de transações e a falta de taxa cobrada por bancos referente à moeda oficial de cada país, as Bitcoins ganharam um grande espaço no mercado financeiro, chamando atenção dos novos investidores, especialmente aqueles ligados à tecnologia.

Faucet de Bitcoin

Para quem deseja entrar no mercado das Bitcoins, há alguns termos que precisam se tornar comuns na rotina, principalmente para não gerar um estranhamento durante a busca de uma ação específica para investir. Além de procurar onde vai especular o dinheiro, também é importante saber se vai ser na internet ou empresas focadas no mercado digital, pois há grande diferença entre investir diretamente na internet e investir em empresas que atuam na internet.

Para quem quer investir na internet, a busca por um faucet pode ser a melhor opção. Um faucet Bitcoin são sites que podem ser escolhidos de acordo com a preferência do investidor, que recompensa tarefas realizadas através de criptomoedas. É um tipo de investimento a longo prazo, pois como são tarefas simples, como assistir propagandas, cliques em anúncios e solução de captchas, o retorno financeiro não é de grande valor, como se fosse em uma bolsa de valores.

É uma boa escolha para quem está começando a vida de investidor e nunca teve experiência antes nesse tipo de mercado e deseja adquirir experiência. Também é uma boa oportunidade para desempregados e estudantes, pois garante uma renda para o sustento básico.

Para quem quer investir em empresas que atuam na internet, são indicadas principalmente as fintechs, pois configuram o principal meio de investimento por popularizar as Bitcoins.

Relacionados  Dicas de como ser saudável na alimentação

As fintechs, além de venderem as próprias ações em forma de Bitcoins, também compram com o uso de criptomoedas, então, é uma forma de manter o dinheiro digital sempre rodando no mercado. Um dinheiro em circulação garante muito mais taxas de aproveitamento, ou seja, existe um retorno financeiro muito maior.

As fintechs, são bancos digitais e também empresas de finanças ligadas à tecnologia, organização financeiras que emprestam dinheiro ou oferecem algum tipo de consultoria ligada às finanças, por exemplo, quem deseja movimentar a conta, tirar uma parcela da poupança para investir, quem busca um aconselhamento referente ao tipo de bolsas disponíveis no mercado ou quem ainda está em dúvida sobre o melhor meio de investimento, se é mercado aberto ou restrito.